Você não está conectado. Conecte-se ou registre-se

Estatuto da Polícia CMA

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo  Mensagem [Página 1 de 1]

1 Estatuto da Polícia CMA em Ter Dez 22, 2015 1:10 am

Admin

avatar
Administrador
Administrador
Estatuto da Polícia CMA.

Capítulo I - Conhecimento inicial

Artigo 01 - Regras de conduta.
As seguintes regras de conduta são baseadas por artigos e deverá ser empregado em todo perímetro da polícia CMA. Qualquer policial que se junte ao Comando Militar Armado, automaticamente irá concordar com os os termos citados nesse estatuto. Quem violar os artigos propostos estará sujeito a severas punições. As violações mais graves serão levadas a Corregedoria, com finalidade a punições de nível: rebaixamento, baixa desonrosa e banimento da polícia.

Artigo 02 - Habbo Etiqueta.
Todos os militares devem respeitar e empregar as regras propostas pela Habbo Etiqueta. Todo usuário do habbo deve ter conhecimento sobre as mesmas, entendimento e o dever de praticá-las.

Artigo 03 - Respeito.
Em concordância com a Habbo Etiqueta, todos os usuários devem respeitar uns aos outros, independente de cor, raça, sexo, gostos e religião. A CMA exige postura e ética de seus policiais, respeitando tanto as regras do jogo como as leis do país em que habita.

Artigo 04 - Pagamento, promoção e direitos.
É extremamente proibido requisitar direitos, promoção e pagamento. O código de ética deixa claro que: apenas policias de confiança da supremacia portam direitos na base; apenas policiais merecedores e dentro dos requisitos exigidos no capítulo III do estatuto são promovidos.

Artigo 05 - Trabalho Militar.
O trabalho militar é definido como lealdade, afilie-se 100% ao departamento, não faça parte de outras mafias, polícias, instituições de trabalho e gangues. Caso seja pego violando este termo, a punição a nível é o banimento da polícia.

Artigo 06 - Requisitos básicos.
É requisitado e obrigatório o porte de missão, grupo e farda referente a devida patente do militar ao ingressar nos cômodos da polícia. A CMA é rígida e exigente em relação ao cumprimento de dever nos setores da polícia, deve-se trabalhar e cumprir seu papel como militar, é permitido requisitar um pedido de licença e cumprir suas necessidades e/ou responsabilidades no hotel. O departamento não priva seus policiais de se divertir e entreter-se com as diversas opções que o habbo oferece, não é exigido obrigatoriamente que os policiais permaneçam na CMA em seu tempo total. Contudo, se for convocado para prestar serviços, é obrigatório a compreensão e resposta imediata, é permitido a dispensa com motivos suficientes.

Artigo 07 - Ética.
Não use linguagem indecorosa, difamação envolvendo sexo, raça, religião ou preferência sexual. Não seja um mal representante da polícia. Mantenha a postura de um policial respeitável, porte respeito, honestidade e ética acima de tudo, para que sua imagem seja preservada e sirva de exemplo.

Capítulo II - Hierarquia, preços e equivalências

Artigo 08 - Hierarquia.
A hierarquia é a organização de prioridades entre as patentes, com graus sucessivos de poderes e responsabilidades. A hierarquia é dividida em duas partes, sendo militares e executivos, segue abaixo:

Corpo Militar:


Praças:
Recruta
Soldado
Cabo
Sargento
Suboficial
Oficial

Oficiais:
Tenente
Capitão
Major
Tenente-Coronel
Coronel
General
Marechal
Comandante
Comandante Geral



Corpo Executivo:


Praças:
Agente = Cabo
Sócio = Sargento
Inspetor = Suboficial
Inspetor-Chefe = Oficial

Oficiais:
Embaixador = Tenente
Diretor = Capitão
Diretor-Geral = Major
1° Ministro = Tenente-Coronel
Orientador = Coronel
Relator = General
VIP = Marechal
Executivo = Marechal
Presidente = Comandante
Chanceler = Comandante-Geral


Artigo 09 - Preços


Agente = 3 câmbios
Sócio = 5 câmbios
Inspetor = 10 câmbios
Inspetor-Chefe = 15 câmbios
Embaixador = 30 câmbios
Diretor = 45 câmbios
Diretor-Geral = 60 câmbios
1° Ministro = 80 câmbios
Orientador = 100 câmbios
Relator = 140 câmbios
VIP = 200 câmbios
Executivo = 400 câmbios
Presidente = 600 câmbios
Chanceler = 1000 câmbios


Observação: O pagamento deve ser efetuado apenas a supremacia e policiais com administrador no grupo do Corpo Executivo oficial do Comando Militar Armado.

Capítulo III - Permissões

Artigo 10
Suboficial promove/rebaixa/demite até Sargento com permissão de 1 oficial general.
Oficial promove/rebaixa/demite até Suboficial com permissão de 1 oficial general.
Tenente promove/rebaixa/demite até Oficial.
Capitão promove/rebaixa /demite até Tenente.
Major promove/rebaixa/demite até Capitão.
Tenente-Coronel promove/rebaixa/demite até Major.
Coronel promove/rebaixa/demite até Tenente-Coronel.
General promove/rebaixa/demite até Coronel.
Marechal promove/rebaixa/demite até General.
Comandante promove/rebaixa/demite até Marechal.
Comandante-Geral promove/rebaixa/demite até Comandante.

Observação: Militares do Corpo Executivo podem promover militares do Corpo Militar com permissões de 2 corregedores.


Capítulo IV - Promoções, rebaixamentos e baixas.

Artigo 11
Quaisquer promoção, rebaixamento ou baixa deve ser postada no fórum oficial, no devido tópico referente a ação.

Artigo 12
É obrigatório respeitar e cumprir com os dias e requisitos exigidos por cada patente ao realizar a promoção de um militar.

Artigo 13 - Tabela de dias e requisitos:
Recruta e/ou equivalência: 0 dias + instrução de recrutas (INS).
Soldado e/ou equivalência: 1 dia + fiscalização de soldados (FS).
Cabo e/ou equivalência:  2 dias + treinamento básico de cabos (TBC).
Sargento e/ou equivalência: 3 dias + treinamento regular de sargentos (TRS).
Suboficial e/ou equivalência: 5 dias + treinamento avançado de suboficiais (TAS).
Oficial e/ou equivalência: 7 dias + academia militar de oficiais (AMO).
Tenente e/ou equivalência: 10 dias.
Capitão e/ou equivalência:  10 dias.
Major e/ou equivalência: 10 dias.
Tenente-Coronel e/ou equivalência: 10 dias.
Coronel e/ou equivalência: 10 dias.
General e/ou equivalência: 15 dias.
Marechal e/ou equivalência: 15 dias.
Comandante e/ou equivalência: 30 dias.


Capítulo V - Grupos de tarefas.

Artigo 14 - Guias
Os guias é o grupo de maior magnitude, eles são responsáveis por instruir e capacitar os novos recrutas da polícia, formando novos soldados e futuros oficiais para o Comando Militar Armado.

Artigo 15 - Treinadores
Os treinadores são responsáveis por treinar e capacitar os cabos, sargentos e suboficiais da polícia, perpetuando a qualidade de serviço, capacidade psicológica e física dos policiais.

Artigo 16 - Fiscais de promoção
Os fiscais de promoção são responsáveis por fiscalizar todas as promoções e soldados.


Capítulo VI - Grupos gerais

Artigo 17
Academia Militar de Oficiais: Todos os oficiais devem concluir a AMO, recebendo assim sua devida conjectura de um policial capacitado para o corpo de oficiais da polícia.

Artigo 18
Setor de Gestão: Setor responsável pela atualização diária dos relatórios e também fiscalização de promoções inválidas de acordo com o estatuto.

Capítulo VII - Gratificações

Artigo 19
Insígnias: As insígnias são gratificações entregue a policiais que fizeram tal feito e/ou atividade merecedor de remuneração.
Observação I: As insígnias tem prazo de validade de 30 dias, após isso serão retiradas do histórico do policial.


Capítulo VIII - Corregedoria.

Artigo 20
A corregedoria é o grupo de maior ascendência e jurisdição entre os direitos e deveres do Comando Militar Armado. Os membros da corregedoria são seletos pela supremacia, responsáveis pelas decisões e mudanças gerais da polícia.

Artigo complementar 01
A corregedoria é composta por 10 policiais, sendo 1 Dono Supremo e 2 Supremos.


Capítulo IX - Batalhão.

Artigo 21
Oficial de Guarda (OG): Localizado na área amarela, o OG é o responsável geral pelo batalhão, designado a enviar os policiais às funções mantendo-as em ordem. Qualquer problema dentro e fora é responsabilidade do comando de base.

Artigo 22
Cabo de Guarda (CG): Localizado na área vermelha, o CA é o responsável pela recepção, designado a enviar policiais e conceder permissões. Qualquer problema é responsabilidade dele.

Artigo 23
Auxiliar da Sala de Controle (ASC): Localizado na sala de controle, o ASC é responsável por auxiliar os operadores, concedendo permissões e enviando policiais, mantendo o controlamento da polícia em ordem.

Artigo 24
Sala de Estado (SE): Localizado no centro, área destinada aos policiais sem função ou dever a exercer em certo ponto.

Artigo 25
Recepção: Área destinada ao alistamento de novos policiais.

Artigo 26
Sala de controle (SC): Localizado a direita da recepção, área destinada a entrada dos praças no batalhão e controle geral do batalhão.

Controlador 1: Responsável por conferir missão, grupo e farda.
Controlador 2: Responsável por conferir número nas costas e registro no fórum.
Controlador 3: Responsável por abrir a porta da sala de atendimento.
Controlador 4: Responsável por abrir a porta do sentinela.

Artigo 27
Ala imperial: Área destinada aos oficiais.

Artigo 28
Sentinela: Localizado a direita da recepção, área destinada a pré-aula dos recrutas.

Artigo 29
Sala de promoção/rebaixamento: É onde ocorre as promoções e rebaixamentos por uma determinada causa.

Artigo 30
Sala de ausências: Localizado a direita do sentinela, área destinada a ausência dos policiais.


Capítulo X - Pagamento e promoções

Artigo 31
Todos as patentes compostas na hierarquia possui um soldo fixo, contudo, apenas o mais destacado policial por cada patente receberá o pagamento. O pagamento ocorre no dia 22 de cada mês.

Artigo 32
No cotidiano da polícia CMA, é realizado inúmeras promoções, sorteios e eventos valendo moedas em base.

Artigo 33 - Tabela de salários:

Soldado - equivalência: 2c
Cabo - equivalência: 3c
Sargento - equivalência: 4c
Suboficial - equivalência: 5c
Oficial - equivalência: 6c
Tenente - equivalência: 7c
Capitão - equivalência: 8c
Major - equivalência: 9c
Tenente-Coronel - equivalência: 10c
Coronel - equivalência: 11c
General - equivalência: 12c
Marechal - equivalência: 13c
Comandante - equivalência: 14c
Comandante-Geral - equivalência: 15c



Capítulo XI - Grupos

Artigo 34
Os grupos são importantes na identificação dos policiais e entrada nos cômodos da polícia, portanto, utilize o grupo referente a seu posto de modo obrigatório.

Artigo 35 - Grupos referente às patentes:

[CMA] Cabo
[CMA] Sargento
[CMA] Suboficial
[CMA] Oficial
[CMA] Tenente
[CMA] Capitão
[CMA] Tenente-Coronel
[CMA] Coronel
[CMA] General
[CMA] Marechal
[CMA] Comandante
[CMA] Comandante Geral
[CMA] Corpo Executivo
[CMA] Oficialato
[CMA] Praças

Artigo 36 - Grupos referente aos grupos de tarefas:
[CMA] Guias
[CMA] Treinadores
[CMA] Fiscais de Promoção

Artigo 37 - Grupos referente a treinamentos:
[CMA] Trein. Básico de Cabos [TBC]
[CMA] Trein. Regular de Sargentos [TRS]
[CMA] Trein. Avançado de Suboficiais [TAS]
[CMA] Academia Militar de Oficiais [AMO]
[CMA] Conf. Fiscalização de Soldados


Artigo 38 - Grupos secundários:
[CMA] Sala de Instrução [01]
[CMA] Sala de Instrução [02]
[CMA] Sala de Instrução [03]
[CMA] Sala de Treinamento [01]
[CMA] Sala de Treinamento [02]
[CMA] Sala de Treinamento [03]




Este estatuto está sob posse e jurisdição da Corregedoria da polícia CMA, sujeito a alterações complementares. De acordo no art. 184 do Código Penal Brasileiro, plágio é crime. Escrito por 4pulsos.

Ver perfil do usuário http://policiacma.forumeiros.com

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo  Mensagem [Página 1 de 1]

Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum